Ir para o conteúdo

 

6 dicas para você que quer começar a praticar atividade física

O ato de praticar atividade física deveria ser uma realidade em todo o mundo, para todas as pessoas. Porém, em partes devido ao grande desenvolvimento tecnológico e suas facilidades, muitos ainda continuam sedentários e com menos vontade de participar do mundo de forma ativa.

Contudo, existem aqueles que já perceberam o mal que esse estilo de vida sedentário pode fazer. As mudanças não são fáceis, ainda mais para quem permaneceu por muito tempo com comportamentos ruins, porém não são impossíveis!

Por isso, hoje mostraremos a seguir 6 dicas básicas para você que está querendo começar a praticar atividade física e mudar os seus hábitos. Continue aqui, pois elas são bem simples e estão ao seu alcance!

Como começar a praticar atividade física?

 

Quando falamos que é ideal praticar atividade física, muitos acreditam que para fazer esse tipo de mudança é necessário frequentar uma academia. No entanto, isso não é preciso, muito menos ter uma rotina ou prática de atletas ou demais profissionais que trabalham diretamente com exercícios físicos.

Existem atitudes básicas e simples que ajudam o seu corpo a se acostumar com mais movimentos, treinando-o para inserir a atividade física na rotina de uma vez por todas. Confira 6 dicas básicas para você que quer deixar de lado a vida sedentária:

 

 

1. Faça uma avaliação médica

Em primeiro lugar, faça uma avaliação médica! É muito comum ver pessoas que decidem começar a praticar exercícios físicos iniciarem o processo sem antes visitar um médico para verificar como está sua saúde. Nem todo mundo pode sair do sedentarismo de uma hora para outra e de repente começar a praticar musculação, por exemplo.

Algumas academias exigem uma avaliação médica, mas é muito raro. Por isso, não espere por elas e faça alguns exames antes de se matricular. Há pessoas que possuem problemas de saúde específicos, e que podem impedi-las de praticar atividades intensas. Portanto, não pense duas vezes e busque orientação profissional!

 

2. Opte por atividades físicas que você gosta

Atualmente, a musculação está em alta, e por isso houve um crescimento enorme do número de pessoas que se matriculou em alguma academia. Apesar disso, muita gente não consegue se manter por mais de 30 dias nos treinos de musculação. Algumas pessoas realmente não estão dispostas a sair do sedentarismo, mas outras apenas não se identificam com aquela atividade específica.

Por isso, tente experimentar pilates, yoga, corrida, box, natação, entre outros esportes que são muito eficientes e que vão te tirar de vez do sedentarismo. Não fique na musculação por obrigação! Fique apenas se você se sente confortável com essa atividade.

 

3. Encontre um parceiro ou parceira

No início tudo pode ser difícil. Afinal, depois de tanto tempo sem se movimentar, com hábitos alimentares prejudiciais à saúde e por conta da dificuldade com a mobilidade do corpo, é comum sentirmos preguiça de finalmente começar a se exercitar com frequência.

Para te ajudar com isso, encontre alguém que tenha o mesmo objetivo que você. Pode ser parente, amigo, esposa, marido ou irmão. Seja quem for, busque alguém que tem a mesma meta que você, e que por isso vai acabar te dando uma força naqueles dias em que a vontade de ficar em casa assistindo televisão bater.

 

 

4. Mudança de hábitos

Além de colocar em prática as dicas anteriores, precisamos apostar na mudança de hábitos. E isso não significa começar a correr quilômetros da noite para o dia ou frequentar uma academia por horas. Essa mudança está nas pequenas coisas, nos pequenos gestos e atitudes.

Você, por exemplo, que dorme mal, muito provavelmente é uma pessoa mais sedentária. Ajustar o sono é uma mudança de hábito que faz diferença na hora de praticar atividade física. Estabeleça um horário para dormir e para acordar, dormindo a quantidade de horas ideal para você, e essa mudança já te ajudará a ficar mais disposto para iniciar uma atividade física.

 

5. Aquecimento

Nenhuma pessoa, em hipótese alguma, pode praticar atividade física sem realizar um aquecimento prévio. Mesmo que o exercício seja leve, caso você não realize o aquecimento, ficará mais propenso a dores musculares a até mesmo a rompimento de algum músculo.

O cuidado com o corpo também envolve a forma com que você o acostuma com as atividades e prepara-o para receber uma carga maior de esforço e movimentos.

 

 

 

6. Roupas adequadas

Por último, mas não menos importante, é comum acreditar que você só precisa de foco e perseverança para praticar atividade física. Utilizar roupas adequadas, mesmo que pareça fútil, é extremamente importante.

Já imaginou fazer uma trilha e não ter um tênis apropriado? Além de gerar problemas, como machucados nos pés, dores no corpo, entre outros, isso torna o exercício muito mais cansativo e causa desmotivação.

Portanto, você precisa providenciar roupas adequadas. Nada muito especial, apenas uma roupa confortável, que permita a realização dos movimentos e não ofereça riscos para a sua integridade física.

Para praticar atividade física é preciso mais que vontade, mas mudanças de hábito, aquecimento prévio, roupas adequadas e mais, como você viu aqui. E mesmo que esses pareçam passos simples, eles são de suma importância para que você não desista de sair do sedentarismo.

Role para cima
%d blogueiros gostam disto: